Existência enquanto re-existência em tempos de medo

Mario Alberto Pires de Arruda, Tania Mara Galli Fonseca

Resumo


O objetivo desse artigo é evidenciar modos de existência que se apresentem como alternativas aos tempos de medo instalados no Brasil. A partir de David Lapoujade e José Celso Martinez Corrêa, busca-se dar consistência ao ato de re-existir, uma existência processual que possui seu modo de ser intrínseco e incomparável através de sua inserção em um ecossistema, sobrevivendo e fazendo sobreviver. Com isso, expressamos pontos de uma arte da existência, na qual o testemunho de existências pouco manifestas se desdobra em uma possibilidade de criação de outros mundos possíveis de se habitar.

 


Palavras-chave


existência; testemunho; criação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.