O lembrar não se faz sem o esquecer: fragmentos de uma entrevista

Gizele Bakman

Resumo


As entrevistas são as ferramentas fundamentais das pesquisas em Ciências Humanas e detêm pontos importantes para reflexão. Este relato de pesquisa pretende apontar o quanto é preciso perceber e se atentar a aspectos que vão para além do conteúdo do que se estuda. Para isso, apresento fragmentos de uma entrevista realizada, integrante de uma pesquisa de Doutorado sobre famílias, adoção e religião. A intenção é refletir sobre seu conteúdo, forma e processo, mas, especialmente, colocar luz na especificidade das fontes orais e na compreensão de que a memória é um processo social no qual o lembrar não se faz sem o esquecer.


Palavras-chave


memória; adoção; entrevista.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.