Murmúrios dos cristais da escrita: uma experiência menor no Ateliê de Escrita do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Érica Franceschini, Tania Mara Galli Fonseca

Resumo


Este artigo se constitui em uma experiência cartográfica implicada com a criação e a invenção no campo da escrita. Atenta ao sensível, essa composição opera como um diário de bordo que virá abrir lacunas para dar a ver os afetos e as ressonâncias do vivido de nossa implicação, nesse caso com e no Ateliê de Escrita do Hospital Psiquiátrico São Pedro. Esse primeiro encontro, que será acompanhado como um processo tecido em um tempo múltiplo e inapreensível, ganha contornos de uma literatura menor costurada pelos paradoxos da loucura, indissociável do tempo que aproxima o Ateliê de Escrita, o pesquisador e o mundo. Inserir-se nesse território existencial é, assim, experimentar o singular que atua nos corpos como testemunhos de vidas.

 


Palavras-chave


Ateliê de Escrita; tempo; experiência

Apontamentos

  • Não há apontamentos.