Drones, arte e guerra

Dolores Galindo, Flávia Cristina Silveira Lemos, Anna Natale, Daiane Gasparetto da Silva

Resumo


Os drones, conhecidos como veículos aéreos não tripulados, são o reflexo dos ideais dos envolvidos tanto no desenvolvimento desta tecnologia quanto em sua utilização, uma vez que são o uso e os objetivos os que modificam as potencialidades deste dispositivo de guerra. Nesse sentido, o exercício da guerra tende a ser socialmente mais aceitável, na medida em que poupa sujeitos da posição de quem vai ao campo sem a certeza do retorno, embora tal processo continue ocasionando largamente a morte de populações tidas como adversárias. Desse modo, podemos afirmar que a Drone Art concebe a resistência através da disrupção e da criatividade, encorajando transformações sociais, políticas e éticas.


Palavras-chave


drones; arte; guerra; invenção; resistência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.