Do Poder Psiquiátrico: uma Analítica das Práticas de Farmacologização da Vida

Dolores Galindo, Flávia Cristina Silveira Lemos, Renata Vilela Rodrigues

Resumo


Pensar a produção e o uso de fármacos e de psicofármacos no presente nos inquieta e nos move a uma escrita que interroga as práticas medicalizantes e medicamentosas da vida em nome das tentativas de garantir segurança biopolítica empreendedora de performances potencializadas e anestesiadas e de disciplinas ordenadoras de corpos úteis e dóceis. O ensaio que ora apresentamos interrogaas relações entre saúde, economia e as funções de poder saberpsiquiátrico-terapêuticas que conjugammedicamentos e normalização de condutas como respostas a problemáticas e situações complexas no plano da constituição de nossas existências.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.