A Oficina da História: Método e Ficção

Heliana de Barros Conde Rodrigues

Resumo


O texto, introdutório de uma mesa-redonda propõe reflexões, a partir das idéias dos debatedores Luiz Fernando Duarte, Virgínia Fontes e Magali Engel, sobre os saberes e práticas psi que, em nome de um suposto bem comum, estariam limitados a essa ideologia, dispensando qualquer relação com outros saberes, visões de mundo ou outras práticas. O texto destaca que esses questionamentos só começaram a se concretizar, no Brasil, a partir de 1978, com o surgimento de movimentos sociais que levaram à redemocratização brasileira.

Palavras-chave


História, método, ficção, práticas psi

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.